Repelentes de mosquitos protegem por menos tempo do que afirmam

Só no último ano, mais de 700 brasileiros morreram em decorrência de doenças transmitidas pelo Aedes aegypti  – dengue, zika ou chikungunya. Os dados, do Ministério da Saúde, comprovam a importância da proteção contra essa e outras espécies de insetos potencialmente perigosos. Na última segunda-feira (30 de outubro), no entanto, a Associação Brasileira de Defesa do Consumidor (PROTESTE) revelou que o repelente, […]

Continue Reading