O retorno do mingau

Saúde

Esse preparo clássico, que lembra infância, volta a ficar em evidência com o lançamento do Nesfit Aveia Mix, da Nestlé. O produto traz uma combinação de aveia, milho, arroz, cevada e quinua que cai bem justamente em forma de mingau. E vale retomar esse tipo de receita em casa, viu?! Dependendo da composição, são muitas as vantagens. “Se a base for aveia, auxilia no funcionamento do intestino e no controle do colesterol”, exemplifica a nutricionista Cintya Bassi, do Hospital e Maternidade São Cristóvão, na capital paulista. 

Para ela, outra boa pedida é usar leite semidesnatado, que oferta cálcio e proteínas com menos calorias. Só que o prato deixa de compensar ao incluir muito açúcar, achocolatado… Segundo Eliana Vellozo, doutora em Pediatria pela Universidade Federal de São Paulo, o mingau vale a pena no café da manhã, no lanche da tarde e antes ou depois da academia.

Os benefícios dos clássicos

Aveia
É uma das principais fontes da fibra betaglucana, parceira contra o colesterol alto.

Amido de milho
Não tem açúcar, então é legal para diabéticos. Inclua grãos e frutas para o intestino não travar.

Arroz
Não possui glúten — logo, celíacos podem consumir. Acrescente frutas, sementes e afins.

+ Informações